Curiosidades

Os benefícios de ser um Cão de Serviço

via Cão Inclusão

Quando contamos sobre a Cão Inclusão para as pessoas, elas consideram os benefícios que o cães levam para as pessoas com deficiência, maravilhosos! Você já pensou também nos benefícios que o Cão de Serviço recebe?

Habilidades Sociais

Um filhote que está sendo treinado para ser um Cão de Serviço, desde o começo já é inserido na família e na sociedade. Como assim? Um cão que vai para todos os lugares desde filhote aprende muitas habilidades sociais para uma convivência harmônica, tanto com humanos quanto com outros animais. Essas habilidades só são aprendidas com a exposição gradual e o cãozinho vai aprendendo como se comportar em cada situação.

Socialização

Ele também é muito bem socializado, isso significa que ele conhece o maior número de estímulos, pessoas, lugares, aprendendo que isso faz parte do seu dia a dia ou seja, passando a encarar esses estímulos como algo natural e não ameaçador. Por isso é tão comum ver Cães de Assistência dormindo ao lado de seus parceiros, porque o cão está realmente relaxado, tirando uma soneca gostosa depois de uma caminhada.

Atividade Física

Ah sim, essa é outra vantagem. O nível de atividade fisica de cães de assistência costuma ser maior do que a média de cães. Eles acompanham a pessoa por todos os lugares, para o trabalho, shopping, casa de amigos, etc.

Estar com a família

Qual é o melhor dos mundo para um animal naturalmente social, que precisa viver em grupo? É estar em grupo, com sua família, humana ou canina, certo? Pois é isso que acontece com o cão de assistência. Ele acompanha a pessoa com deficiência para todos os lugares, durante todo o período que o cão terá a função de assistir e ajudar seu parceiro. Muitos problemas de comportamento dos cães surgem exatamente deste isolamento, quando eles passam o dia inteiro sozinho. Por serem animais sociais é que eles apresentam a ansiedade de separação, porque estar junto com a família é o natural e não o contrário.

Treinamento

Algumas pessoas nos perguntam se o cão sofre sendo um cão de serviço. Na Cão Inclusão, a seleção dos cães é muito criteriosa e todas as etapas do treinamento, entrega e acompanhamento do cão são feitas com respeito e cuidado, colocando sempre o cão em primeiro lugar. Escolhemos desenvolver uma metodologia realmente positiva, onde em nosso planejamento de treino não entra qualquer tipo de punição física ou psicológica. Nos baseamos na ciência do comportamento e nas Leis de Aprendizagem, que já foram testadas com centenas de espécies animais.

Necessidades da raça

Você já percebeu que muitos cães desenvolvem hábitos de trabalho? Por exemplo, é comum encontrar goldens e labradores que ficam, constantemente, trazendo objetos para seus donos. Observando cães de rua que acompanham moradores de rua, geralmente em grupos, é fácil observar como eles cuidam de seu dono. Alguns cães andam na frente, avaliando se está tudo seguro para continuar a caminhada, outros vão ao lado da pessoa, cercando-a pelos dois lados e outros ainda ficam para tras, na retaguarda. Já vimos cães de rua ajudando seus donos ate a atravessar a rua! Ultimamente pessoas t6em entrado em contato conosco para falar como seus cachorrinho, que nunca recebeu qualquer treinamento, aprendeu a avisar sobre crises de eplepsia, de alergia ou à cuidar do bebê da casa como uma verdadeira babá canina!

Por que será que isso acontece? É só lembrarmos de como as raças foram criadas. No passado, a seleção dos cães era feita buscando uma função no trabalho. Muitas raças caninas ainda possuem instintos e aptidões para desenvolver atividades específicas como por exemplo o Border Collie que pastoreia, o Beagle que fareja a caça, os Terriers que são corajosos para entrar nas tocas e enfrentar a presa, os Goldens e Labradores que buscam a ave abatida e a trazem para o dono, etc. Porém, hoje em dia, o “trabalho” principal dos cães é ser um animal de companhia.

No treinamento de Cães de Serviço, fazemos uso das habilidades inatas do cão nas atividades que ele precisa desenvolver, dando vazão à esse instinto latente. Por exemplo, quando um labrador aprende a buscar objetos, ele está fazendo exatamente a atividade que foi desenvolvida na criação dessa raça. E na Cão Inclusão, tudo isso é aprendido e canalizado com o treinamento positivo, com o cão tendo prazer e vontade de realizar a tarefa.

Você imaginava que o Cão de Serviço poderia ter tantos benefícios? Conta pra gente o que achou!

FONTE: Cão Inclusão | http://caoinclusao.com.br

Postado por: Portal Canino

Related posts

Você tem cachorro? O motivo provavelmente está no seu DNA

admin

Filhotinhos serão os primeiros cães a deixarem a zona de exclusão de Chernobyl

Erika Nakamura

Pendure os tufos de pelo do seu gatinho ou cachorro; os passarinhos agradecem!

Erika Nakamura

Leave a Comment